29 de dezembro de 2014

O dia que eu descobri que o Rei está guardado em minhas memórias...

Há um tempo atrás, eu trabalhei em uma farmácia em Diadema-SP, tínhamos som ambiente, o rádio ficava ligado na Nova Brasil FM (emissora que só toca música nacional) e um belo dia, eu ouvi uma música.

Era uma melodia, algo apenas com um violão e voz, interpretada por uma voz feminina muito suave. Eu comecei a prestar atenção e achei muito familiar, mas eu não sabia quem estava cantando. Quando a música chegou ao meio, me assustei porque eu sabia a letra e comecei a cantarolar. "Como assim, que música é essa? Quem tá cantando?" Na reta final, de repente me veio uma imagem a minha cabeça: minha mãe no tanque, na casa de Santo Amaro, lavando roupa e cantado. Claro, Roberto Carlos!!!


Eu fiquei tão espantada. Como nossa memória é incrível!!! Eu fui pra escola com 6 anos, antes disso ficava em casa com minha mãe, enquanto eu brincava ou desenhava, minha mãe fazia as tarefas de casa, como lavar roupa e ela sempre cantava. O repertório era cheio de Roberto Carlos e isso ficou marcado em algum lugar do meu cérebro.


Bem, a cantora era Eliana Printes. A versão dela é bonita. Minha mãe tinha o disco "Ritmo de Aventura", ou seja acho que todas aquelas músicas devem estar perdidas em algum lugar da minha cabeça. E viva o Rei!!!

Joga pra mim!!!