4 de março de 2014

10 anos sem comer o lanche dos Arcos Dourados!!!

Em 2004, eu trabalhava em uma Empresa (que por sinal foi uma das piores que trabalhei até hoje) que toda sexta-feira tinha casual day, então podíamos ir com uma roupa mais descontraída e todo mundo aproveitava para almoçar um lanche, ou seja, deixava a sexta com cara de "festa". Eu também entrava na farra e seguia feito uma idiota a tropa que ia em comboio até a lanchonete. 

Num certo dia, ao chegar na casinha colorida do palhaço de cabelo vermelho (não estou me referindo ao palhaço mais amado do Brasil, o Bozo) e encarar a fila, fiz o meu pedido, a atendente automaticamente me informou o valor e eu levei um susto porque só havia levado um ticket de vale refeição e o valor não era suficiente (naquela época o VR era de papel), tinha tido um aumento e eu não sabia, pensei rápido e pedi pra trocar o lanche por outro num valor que eu pudesse pagar. Instantaneamente a colaboradora da casa colorida do palhaço de cabelo vermelho (que fique bem claro que não estou me referindo ao Bozo, hein?) fechou a cara e gritou para a pessoa encarregada de cancelar o pedido: "CANCELA AQUI PORQUE A C-L-I-E-N-T-E DESISTIU DO PEDIDO!!!"

10 anos sem comer isso. E a barriga agradece!!!
Me senti tão ofendida, eu fui maltratada por aquela "robô uniformizada" apenas por pedir educadamente para trocar o lanche devido o valor. Fiquei tão puta da vida e só não desisti do lanche porque eu estava longe do restaurante e também eu havia perdido muito tempo na droga da fila.

Aquilo me fez pensar a respeito: um lanche tão caro que não mata a fome, apenas estufa na barriga, com um atendimento péssimo e só faltam matar a gente quando interrompemos a linha de produção (faça seu pedido, pague, espere ao lado e caia fora!), enfim tremenda burrice dar dinheiro pra essa gente. Eu hein!!!

Se todo mundo pensasse como eu...
Naquele dia, 14 de Maio de 2004, sentada do lado de fora da casinha, que a essa altura já não parecia tão colorida assim, comendo o lanche de minhocuçu daquele lugar, eu decidi que nunca mais comeria naquela rede de lanchonetes. Aquela foi a última vez...

Deixa a menininha em paz, filho da puta!!!
Admito que só tomo sorvete nos quiosques, mas o resto não. E na boa, não sinto falta alguma. Faço um bem danado pra saúde e pro meu bolso também, agora imagina se eu fosse calcular quanto economizei nestes 10 anos?!?

Infelizmente sei que vocês vão sobreviver sem mim... adeus!!!
Pra aproveitar toda essa fidelidade, a partir de hoje vou lançar outra promessa. Em comemoração aos 10 anos sem comer o lanche, a partir de agora vou abolir os sorvetes também, que convenhamos nos últimos anos está deixando a desejar. A calda do sunday está  vindo cada vez menos. Uma vez reclamei e o atendente fez uma cara de pouco caso... Agora é sunday de creme com um leve toque de calda... Vou deixar de ser trouxa!!! Quando eu quiser um sorvete vou no concorrente, ou melhor vou tomar um suco natural de frutas.